quinta-feira, 29 de setembro de 2011

"A Vida não é só acordar, comer e dormir, é muito mais do
que isso... Viver é doar a alma."

"Aprendi a viver as emoções no mais puro silenciar da alma."

( khalil Gibran)
"- Dentro de nós existem apenas três coisas:
 o bem, o mal e o nosso corpo debatendo-se entre eles."

(Três Desculpas para Matar)

quarta-feira, 28 de setembro de 2011

"Amar cria raiz, sim. Cria, independentemente de ser verbalizado. Basta sentir o amor para que fiquemos dependentes dele, uma dependência boa, daquilo que nos faz sentir vivos."

(Martha Medeiros)

terça-feira, 27 de setembro de 2011

"Viver é acalentar sonhos e esperanças,
fazendo da fé a nossa inspiração maior.
É buscar nas pequenas coisas,
um grande motivo para ser feliz!"

(Mário Quintana)
"Dá saudade de ouvir falar
Saudade de sentir
Saudade de te encontrar
Dá preguiça de explicar
Saudade de sentir
Saudade de voltar"

(Kid Abelha)
"...Respeite mesmo o que é ruim em você
- respeite sobretudo o que imagina que é ruim em você
- não copie uma pessoa ideal, copie você mesma
- é esse seu único meio de viver."

(Clarisse Lispector)
"Hoje de manhã eu acordei e fiquei olhando para tudo catatônica, um misto de susto com deslumbramento. Me dei conta de que essa é a pior e a melhor fase da minha vida. Eu nunca andei tão triste e nem tão feliz. Foi difícil enterrar tantos mortos e tantas rotinas, mas está sendo muito fácil viver dentro de mim."

(Tati Bernardi)
"Perguntarão pela tua alma.
A alma que é ternura,
bondade,
tristeza,
amor.
Mas tu mostrarás a curva do teu vôo livre,
por entre os mundos…
E eles compreenderão que a alma pesa.
Que é um segundo corpo,
e mais amargo,
porque não se pode mostrar,
por que não se pode ver.”

(Cecília Meireles)

segunda-feira, 26 de setembro de 2011

"A vida é maravilhosa, mesmo quando dolorida.
Eu gostaria que na correria da época atual a gente
pudesse se permitir, criar, uma pequena ilha de
contemplação, de autocontemplação, de onde se
pudesse ver melhor todas as coisas: com mais
generosidade, mais otimismo, mais respeito,
mais silêncio, mais prazer.
Mais senso da própria dignidade, não importando
idade, dinheiro, cor, posição, crença.
Não importando nada."

(Lya Luft)
Quando penso que uma palavra
Pode mudar tudo
Não fico mudo
Mudo
Quando penso que um passo
Descobre o mundo
Não paro passo
Passo
E assim que passo e mudo
Um novo mundo nasce
Na palavra que penso

(Alzira Espíndola e Alice Ruiz)
"A gente sempre acha que é especial na vida de alguém, mas o que te garante que você não está somente servindo pra tapar buracos, servindo de curativo pras feridas antigas? Porque amar também é isso, não? Dar o seu melhor pra curar outra pessoa de todos os golpes, até que ela fique bem e te deixe pra trás, fraco e sangrando. Daí você espera por alguém que venha te curar. As vezes esse alguém aparece, outras vezes, não."
(Caio Fernando Abreu)

domingo, 25 de setembro de 2011

"Engole teu coração e se ama por dentro"

(Caio Fernando Abreu)
No disco de seus olhos,
há uma melodia que me encanta.
Brilha em mim o desejo de tocar você.
Faz de mim sua canção?

(Marisa Vieira)
Ser paciente é a minha urgência mais frequente
quando um cuidado inesperado repousa nos meus olhos.
Nada no mundo é pra ontem. Quase tudo é pra agora.
É preciso ter calma para desesperar - se no momento certo.
Choro adiantado não aguça a intuição, só dilata ansiedades.
Sejamos sensíveis.
Prioridade é manter o respiro leve e o coração ventilado.
O gosto da vida intacto, num silêncio limpo e sem engasgos.
Só a paciência garante a experiência de ver o impossível
fazer possíveis.

(Priscila Rôde)
Estou repleta de urgências para o amor,
mas não foi preciso o desespero
você veio sem improviso e por inteiro
numa dessas esquinas, propícias para os encontros.

Se deixar, quero virar uma saudade boa
dormindo no teu olhar mais bonito.
Me deixar à beira de um verso interminável
tatuando o teu meio-sorriso no meu início.

Tanto sonho nesses tantos futuros que enlaçam
a ínfima chance da presença e do cheiro.
Quem diria que seria você acontecendo
na minha frente e para sempre trazendo
um arrepio numa alegria, e qualquer coisa eterna
derrubando um punhado de tempo.

(Cáh Morandi e Priscila Rôde)
não vejo mais o tempo, não o substimo,
quando o denomino de futuro
embora mal posso esperar para desvendar
o que já esteve me esperando por milênios
ficar quase sem o ar, e quase morrer, desesperar
ver teu rosto, teus traços se formarem
entre as digitais dos meus dedos que tremem
ver você realizar, ver você ser,
ver você me olhar

de alguma forma a gente soube
(ou saberá)
que o tempo da espera
é o caminho de se encontrar

(Cáh Morandi)
"Me sinto maravilhoso porque vejo o amor em seus olhos
E o melhor de tudo é que você não percebe
o quanto eu te amo"

(Eric Clapton - Wonderful Tonight)

sábado, 24 de setembro de 2011

O essencial é saber ver, mas isso, triste de nós que trazemos a alma vestida,
isso exige um estudo profundo, aprendizagem de desaprender.
Eu prefiro despir-me do que aprendi,
eu procuro esquecer-me do modo de lembrar que me ensinaram
e raspar a tinta com que me pintaram os sentidos,
desembrulhar-me e ser eu.

(Alberto Caeiro)
Ouse, ouse... ouse tudo!!! Não tenha necessidade de nada! Não tente adequar sua vida a modelos, nem queira você mesmo ser um modelo para ninguém. Acredite: a vida lhe dará poucos presentes.
Se você quer uma vida, aprenda... a roubá-la! Ouse, ouse tudo! Seja na vida o que você é, aconteça o que acontecer. Não defenda nenhum princípio, mas algo de bem mais maravilhoso: algo que está em nós e que queima como o fogo da vida!!!

(Lou Andreas Salomé)
Pele, toque, inumeras sensações
sabor nunca descrito
som que só o coração provoca
é assim que o corpo responde
é assim que a alma respira
somos um na verdade
sem ser mais
sem ser só
somente vida...

sexta-feira, 23 de setembro de 2011

"Os poetas mentiram para mim,
Roberto Carlos mentiu para a gente.
O amor não é manso assim.
Ele pega, invade e devora a gente."

(Caio Fernando Abreu)

quinta-feira, 22 de setembro de 2011

Quem procura as melhores palavras, ainda não está certo. Devemos procurar o melhor silêncio. O silêncio exato. Não me esqueço o dia em que não fizemos nada, nada mesmo, parados, nos olhando como cúmplices, rindo a esmo, abraçados, olhando a janela como um vinho aberto. O futuro passeava pela janela. Talvez tenha me visto de mãos dadas com ela na velhice ou na infância. Não importa em que tempo estávamos. No nosso idioma, as pequenas gentilezas, como empurrar a cadeira para sentar ou amarrar os cadarços um do outro, já são suficientes para nunca esquecer os dias.

(Fabrício Carpinejar)
Não é necessário “escarafunchar a alma do outro” para se comunicar.
Há o dito sem palavras, o silêncio dos diálogos.

(Lya Luft)
O que dá trabalho mesmo é viver sempre do mesmo jeitinho. Pois eu quero mais dessa maluquice que me ajuda a reinventar maneiras de estar aqui. Porque para se estar aqui com um pouco que seja de conforto na alma há que se ter riso. Há que se ter fé. Há que se ter a poesia dos afetos. Há que se ter um olhar viçoso. E muita criatividade.

(Ana Jácomo)
♪ Já conheço os passos dessa estrada
Sei que não vai dar em nada
Seus segredos sei de cor
Já conheço as pedras do caminho
E sei também que ali sozinho
Eu vou ficar, tanto pior
O que é que eu posso contra o encanto
Desse amor que eu nego tanto
Evito tanto
E que no entanto
Volta sempre a enfeitiçar
Com seus mesmos tristes velhos fatos
Que num álbum de retrato
Eu teimo em colecionar
Lá vou eu de novo como um tolo
Procurar o desconsolo
Que cansei de conhecer
Novos dias tristes, noites claras
Versos, cartas, minha cara
Ainda volto a lhe escrever
Pra dizer que isso é pecado
Eu trago o peito tão marcado
De lembranças do passado
E você sabe a razão
Vou colecionar mais um soneto
Outro retrato em branco e preto
A maltratar meu coração ♪

(Chico Buarque)
Pare de correr atrás, pare de se importar.
Seja indisponivel, desapegue.
Pessoas gostam do que nao tem!
(Caio  Fernando Abreu)

quarta-feira, 21 de setembro de 2011

E que o canto ecoe pelos quatro cantos,
que o toque arrepie a pele
e os olhos se fechem
quando os lábios se tocarem.

Que o coração dispare
e o corpo não relute,
que se solte,
que vá e não volte...

Que tenha sabor de amanhecer
e que não termine,
que todos os dias se iluminem
com pitadas de eu e você.

Que seja poesia sem fim,
que não se canse de mim,
que eu não me canse de você,
que protagonizemos esse amor até a visão escurecer.

(Paulo Roberto)
molduras de porta-retratos
diários em branco
poemas em guardanapos
fotos amareladas
postais desbotados
cartas pela metade
uma flor prensada
entre as páginas de um livro
num lugar chamado saudade

(Wallace Puosso)

segunda-feira, 19 de setembro de 2011

Em uma lágrima
Todos os sentimentos
Em um sorriso
A paz de todos os corações
Em uma mão
O conforto e a união
Em um só coração
O mundo

(Evelyn R. Souza)

quinta-feira, 15 de setembro de 2011

"Vivo para florescer outros jardins e sem perceber o meu se abarrota de rosas e manacás.
Vivo cada dia como se fosse cada dia. Nem o último nem o primeiro - o único".

(Pablo Neruda)
"Desejo que se amem hoje, amanhã e nos dias seguintes,
E quando estiverem exaustos e sorridentes,
Ainda haja amor para recomeçar.
E se tudo isso acontecer,
Não tenho mais nada a desejar."

(Laricy Santos)
"Creio que fui abençoada com um coração gigantesco e, em contrapartida, com um pavio bem curto, são os ápices que me mantém em pé!!!"

(Martha Medeiros)
Mantenha-se atrás da faixa amarela, não chegue muito
perto, não acerque-se de meus traumas, não invada meus
mistérios, não atrite-se com o meu passado, não tente
entender  nada: é proibido tocar no sagrado de cada um.

(Martha Medeiros)
Não devia te contar.
Se você guardar segredo,
Eu revelo este meu medo
De não saber amar.

Não devia te amar,
Mas se você guardar meu medo,
Eu revelo este segredo
Que não sei contar.

(Martha Medeiros)
Se for esquecer algo em casa, esqueça a tristeza junto com
as fronhas do "travesseiro..."

(André Queiroz)

terça-feira, 13 de setembro de 2011

"(...)Leve seu nascimento a sério. Antes dos 40, ninguém vai morrer. Essa é a ordem natural do pensamento humano. Pague seus impostos, preocupe-se com a direção que sua vida está tomando, morra de ciúmes, dê-se o direito de todas as cenas passionais e irracionais que incrementam seu script: não se entregue ao fatalismo. Honre o primeiro ato dessa encenação chamada vida.
Porém, depois dos 40, apenas divirta-se e não perca tempo se preocupando com bobagens. Vai dar em nada."

(Martha Medeiros)
As mãos medindo a palmo o desejo,
esse engano
fundo e breve que alarga a noite.

(Renata Correia Botelho)
É menina, a vida tá recém começando, então trate de vive-la.
Respira fundo, faz cara de mulherão e age como quem sabe o que fazer com a vida.

(Tati Lemos)
Que esta saudade alce vôo
como bando de pássaros.
Que ela morra sob o horizonte
como um pôr do sol.

Que o teu cheiro permaneça no ar
ainda que ausente.
E se espalhe em minha pele,
como um bálsamo.

E os meus olhos então
se encherão de mar,
e minha pele sentirá teu toque
distante
tão presente
em meu olhar.

(Victor Barone)
Chega de reticências. Ficar esperando.
Sofrendo. Contando saudades.
Se o amor não é possível, o melhor é colocar um fim.
E ponto.

(Fernanda Mello)

segunda-feira, 12 de setembro de 2011

"A lembrança da tua voz
é minha companheira nos dias de tempestade
nas horas que lembro, viver é preciso
apesar de...
apesar de tanta coisa ficar perdida
entre os olhares que nunca,
n-u-n-c-a mais irão se cruzar
mas a tua voz fica, e soa,
e canta às vezes
e eu começo a chover,
a chover,
c
h
o
v
e
r
para dentro de quem um dia fui
contigo."

(Cáh Morandi)
"Você disse adeus e deixou em mim um vazio descomunal. Desde então, encobri minha dor com um manto azul: um amor e uma mágoa. Eu lavei meu rosto com palavras tristes quando acenou-me tchau. De vez em quando, todos os olhos se voltam contra meus passos distraídos. No fundo, a espera que eu seja algo maior que eu sou. (...)"

(Caio Fernando Abreu)
Crer em mim? Não, nem em nada.
Derrame-me a Natureza sobre a cabeça ardente
O seu sol, a sua chava, o vento que me acha o cabelo,
E o resto que venha se vier, ou tiver que vir, ou não venha.
Escravos cardíacos das estrelas,
Conquistamos todo o mundo antes de nos levantar da cama;
Mas acordamos e ele é opaco,
Levantamo-nos e ele é alheio,
Saímos de casa e ele é a terra inteira,
Mais o sistema solar e a Via Láctea e o Indefinido.

(Fernando Pessoa)
"(...)Acordei sem a menor dificuldade, espiei a rua em silêncio, muito limpa, as azaléias vermelhas e brancas todas floridas. Parecia que alguém tinha recém pintado o céu, de tão azul. Respirei fundo. O ar puro da cidade lavava meus pulmões por dentro. Setembro estava chegando enfim.(...)"

(Caio Fernando Abreu)
"Quero os melhores romances, ou prefiro ficar sozinha. Quero as melhores lembranças, ou prefiro não lembrar. Ou vivo intensamente, ou vou levando essa rotina que não incomoda, não interfere, não fere, mas também não é vida. Vou dispensando tudo o que não julgo suficiente pra me roubar a solidão. Vou excluindo do meu convívio todos que não parecem prontos pra marcar meus dias."

(Verônica H.)
"Não há nada de errado em - de vez em quando - chorar e pedir a Deus que nos coloque no colo."

(Paulo Coelho)