segunda-feira, 31 de maio de 2010


O amor é o sentimento dos seres imperfeitos, posto que a função do amor é levar o ser humano à perfeição. Como são sábios aqueles que se entregam às loucuras do amor!

(Joshua Cokke)

Breve é a memória
que passa e esquece.
Breve é o amanhecer,
quando amanhece!
Breve é a flor,
quando floresce.
Breve é a vida
quando bela nos parece.
É tão breve este poema,
pois só longa é a minha pena!

(Albino Santos)

Porque é isso: o amor, primeiro, é toque na pele arrepiada de encanto que reveste a alma. Depois, sopra o seu arrepio pra pele encantada que reveste o corpo. Então, acontece o milagre do corpo e da alma se encontrarem, se abraçarem, e se misturarem num encanto só.

Eu sento na beira da praia dos seus olhos, incontáveis vezes, perto ou longe de você, só pra apreciar de novo. Porque o amor é isso também: essa admiração que não cansa de se reinventar a cada onda.

(Ana Jácomo)

Com o coração puro
Límpido.
Para amar.
Sempre.
É assim que quero estar.

(Lygia Fagundes Telles)

É preciso saber sentir, mas também saber como deixar de sentir, porque se a experiência é sublime pode tornar-se igualmente perigosa. Aprenda a encantar e a desencantar. Observe, estou lhe ensinando qualquer coisa de precioso: a mágica oposta do "abre-te, Sésamo". Para que um sentimento perca o perfume e deixe de intoxicar-nos, nada há de melhor que expô-lo ao sol.

(Clarisse Lispector)
velas azuis Pictures, Images and Photos
"É melhor eu não falar em felicidade ou infelicidade – provoca aquela saudade desmaiada e lilás, aquele perfume de violeta, as águas geladas da maré mansa em espumas pela areia. Eu não quero provocar porque dói."

(Clarice Lispector)

Click para alimentar.Para andar click no centro amarelo


há dias serenos
dias pequenos
sutis
enfim...
dia sim/dia não
dia sem pão
nem ilusão...
Há dias de dores
de amores
dias amargos
de engasgos
e há gritos
agitos
na fala
da alma
uma calma
que não se vê...

(Cida Sousa)

domingo, 30 de maio de 2010


''Enquanto não encerramos um capítulo, não podemos partir para o próximo. Por isso é tão importante deixar certas coisas irem embora, soltar, desprender-se. As pessoas precisam entender que ninguém está jogando com cartas marcadas, ás vezes ganhamos e ás vezes perdemos. Não espere que devolvam algo, não espere que reconheçam seu esforço, que descubram seu gênio, que entendam seu amor. Encerrando ciclos. Não por causa do orgulho, por incapacidade ou por soberba, mas porque simplesmente aquilo já não se encaixa mais na sua vida. Feche a porta, mude o disco, limpe a casa, sacuda a poeira. Deixe de ser quem era, e se transforme em quem é."

(Fernando Pessoa)

A esperança me chama,
e eu salto a bordo
como se fosse a primeira viagem.
Se não conheço os mapas,
escolho o imprevisto:
qualquer sinal é um bom presságio.

Seja como for, eu vou,
pois quase sempre acredito:
ando de olhos fechados
feito criança brincando de cega.
Mais de uma vez saio ferida
ou quase afogada,
mas não desisto.

A dor eventual é o preço da vida:
passagem, seguro e pedágio.

(Lya Luft)

quarta-feira, 26 de maio de 2010


Pra você guardei o amor
Que nunca soube dar
O amor que tive e vi sem me deixar
Sentir sem conseguir provar
Sem entregar
E repartir

Pra você guardei o amor
Que sempre quis mostrar
O amor que vive em mim vem visitar
Sorrir, vem colorir solar
Vem esquentar
E permitir

Quem acolher o que ele tem e traz
Quem entender o que ele diz
No giz do gesto o jeito pronto
Do piscar dos cílios
Que o convite do silêncio
Exibe em cada olhar

Guardei
Sem ter porque
Nem por razão
Ou coisa outra qualquer
Além de não saber como fazer
Pra ter um jeito meu de me mostrar

Achei
Vendo em você
E explicação
Nenhuma isso requer
Se o coração bater forte e arder
No fogo o gelo vai queimar

Pra você guardei o amor
Que aprendi vem dos meus pais
O amor que tive e recebi
E hoje posso dar livre e feliz
Céu cheiro e ar na cor que arco-íris
Risca ao levitar

Vou nascer de novo
Lápis, edifício, tevere, ponte
Desenhar no seu quadril
Meus lábios beijam signos feito sinos
Trilho a infância, terço o berço
Do seu lar

(Nando Reis)

" Tenho uma parte que acredita em finais felizes.
Em beijo antes dos créditos, enquanto outra acha que só se ama errado.
Tenho uma metade que mente, trai, engana.
Outra que só conhece a verdade.
Uma parte que precisa de calor, carinho, pés com pés.
Outra que sobrevive sozinha.
Metade autossuficiente".

(Caio Fernando de Abreu)

“Gostaria de te desejar tantas coisas.
Mas nada seria suficiente.
Então, desejo apenas que você tenha muitos desejos.
Desejos grandes.
E que eles possam te mover a cada minuto, ao rumo da sua felicidade!”

(Carlos Drummond de Andrade)

"Podia ser só amizade, paixão, carinho, admiração, respeito, ternura, tesão.
Com tantos sentimentos (...) tinha de ser justo amor, meu Deus? "

(Caio Fernando Abreu)

"O impulso para amar, para encontrar e conhecer e mergulhar no outro, é o que nos traz para perto da vida. E é por isso que quando se está de braço abertos, se está dando as costas para a morte."

(Caio Fernando de Abreu)

"E basta fechar os olhos para naufragar outra vez
e cada vez mais fundo na tua boca."

(Caio Fernando de Abreu)

" nunca precisamos ser personagens diferentes para encantar um ao outro. E mesmo numa noite como aquela, nossas pernas roçando uma na outra por baixo da mesa, podíamos conversar sobre o dia de trabalho, o trânsito difícil, as contas do final do mês. O encanto permanecia porque cada comentário era acompanhado de olhares que não negavam o desejo, a vontade e o prazer de estarmos juntos."

(Carlos Eduardo Campos)

"Se você sabe conviver com pessoas intempestivas, emotivas, vulneráveis, amáveis, que explodem na emoção: acolha-me .''

(Clarisse Lispector)


"Leia, e seu silêncio ganhará voz."

(Martha Medeiros)

terça-feira, 25 de maio de 2010


A vida fica mais fácil se a gente
sabe onde estão os BEIJOS de
que precisamos.

(Mario Quintana)

Nada mais vai nos interromper,
Pode esconder os lábios
Que dou a volta no quarteirão.
Nada mais vai nos interromper,
Sua timidez, minha coragem,
As esmolas dos pombos.
Nada mais vai nos interromper,
Pode envelhecer
Que eu cedo o meu lugar,
Cedo minha vida pelo
Teu lugar.
Nada mais vai nos interromper,
Mesmo que não seja a hora
Mesmo que a gente tenha
Nascido para ficar longe,
Mesmo assim,
Nada mais vai nos interromper...

(Fabricio Carpinejar)

Essa nossa sintonia tem
cheiro de telepatia,
será isto magia?
Não sei! Mas arrepia...

(Vinicius de Moraes)

segunda-feira, 24 de maio de 2010


"É preciso a saudade para eu sentir como sinto - em mim - a presença misteriosa da vida..."
(Mário Quintana )

"O bom da vida se esconde no inesperado.
Hoje eu só quero a rotina
de uma vida feliz!"

(Pe.Fábio de Melo)

“Costumavas dizer que ser amigo de alguém é ter a coragem de conhecer o melhor e o pior dessa pessoa, e guardar esse pior, por mais peso que tenha, no silêncio do nosso coração. Na realidade, nunca ouvi uma definição de amizade mais precisa e poética.”

(Inês Pedrosa)

domingo, 23 de maio de 2010


"Estou sozinho e nunca aprendi a estar sozinho.
Estou sozinho.
Sinto falta de palavras.
Estou sozinho.
Estou sozinho.
Sinto falta de uns olhos onde possa imaginar.
Estou sozinho.
Sinto falta de mim em mim."

(José Luiz Peixoto)

quarta-feira, 19 de maio de 2010


"Carpe Diem" quer dizer "colha o dia".
Colha o dia como se fosse um fruto maduro que amanhã estará podre.
A vida não pode ser economizada para amanhã.
Acontece sempre no presente."

(Rubem Alves)

"Na "mulher interessante", a beleza é secundária, irrelevante e, mesmo, indesejável. A beleza interessa nos primeiros quinze dias; e morre, em seguida, num insuportável tédio visual. Era preciso que alguém fosse, de mulher em mulher, anunciando: - "Ser bonita não interessa. Seja interessante!"

(Nelson Rodrigues)

domingo, 16 de maio de 2010


"Pinto a realidade com alguns sonhos, e transformo alguns sonhos em cenas reais.
Choro lágrimas de rir e quando choro pra valer não derramo uma lágrima.
Amo mais do que posso e, por medo, sempre menos do que sou capaz."

(Martha Medeiros)

"É assim: vez enquando, uma coisa só começa mesmo a existir
quando você também começa a prestar atenção na existência dela.
Quando a gente começa a gostar duma pessoa, é bem assim."

(Caio Fernando de Abreu)

"O meu coração tem asas,
a minha razão anda a pé."

(Fernanda Mello)

"Lembrar de você me aquece:
é feito um pé de sol que eu cultivo na memória."

(Ana Jácomo)

"Mas é o que devemos continuar fazendo.
Despir nossa alma e mostrar pra valer quem somos,
o que trazemos por dentro.
Não conheço strip-tease mais sedutor."

(Martha Medeiros)

"Às vezes me parece que estou perdendo tempo,
ás vezes me parece que, pelo contrário, não há modo mais perfeito,
embora inquieto, de usar o tempo: o de te esperar."

(Clarice Lispector)

"Mas nem sempre é necessário tornar-se forte.
Temos que respirar nossas fraquezas."

(Clarisse Lispector)

sábado, 15 de maio de 2010


... À noite as tuas palavras são tão diferentes:
trazem-me o silêncio...
ensinam-me a sedução...
desvelam-me o teu corpo,..

Enfim, à noite nada de ti coincide contigo
mas isso ninguém o sabe, nem sequer tu... apenas eu...

(Victor Oliveira Mateus)

Em cada um de nós há um segredo,
uma paisagem interior
com planícies invioláveis,
vales de silêncio e
paraísos secretos

(Saint - Exupery)

sexta-feira, 14 de maio de 2010


Sobrou desse nosso desencontro
Um conto de amor
Sem ponto final
Retrato sem cor
Jogado aos meus pés
E saudades fúteis
Saudades frágeis

(Chico Buarque)

quinta-feira, 13 de maio de 2010



Resta-nos adormecer onde eclode a borboleta
e balbuciar dentro do sonho as palavras que nunca ousaremos dizer.

(Al Berto)

Abandonou-te?
- Pior ainda:
Esqueceu-me...

(Mário Quintana)

Recordo-te
E és a mesma
Ternura quase impossível
De suportar
Por isso fecho os olhos

(Alexandre O'Neill)

Há dias assim
em que acordamos e percebemos tudo
como se tudo nos estivesse imensamente próximo
como se cada dia nascesse e morresse num abraço
como se a vida coubesse num poema

(José Rui Teixeira)

quarta-feira, 12 de maio de 2010


Ergo os braços, escorre-me o riso pintado
E uma pura lágrima
Que estoura como um balão.

(Mario Quintana)

Naquela tarde quebrada
contra o meu ouvido atento
eu soube que a missão das folhas
é definir o vento

(Ruy Belo)

E eu sofro de te abraçar
depois de te abraçar para não sofrer....

(Mia Couto)

Tu
que não cabes em casa nenhuma
tu
que vais leve como as nuvens
no outono
habitas em mim e ouço
o teu perfume a tua
respiração
nas rosas que se abrem
e dissipam
no meu poema.

(Casimiro de Brito)

A verdadeira ternura
não se confunde com mais nada.
E é silêncio.

(Anna Akhmátova)

Eram contudo palavras de amor.
Não propriamente ditas,
antes sentidas,
antes adivinhadas.
Ou só pressentidas.

(Eugénio de Andrade)